Inizio > Attività culturali > 25/04/2012 Venerdì 21 giugno 2024
 

“Celebrar Bem” chega a sua 4ª edição


 
 
 
Luogo:
Data: 25/04/2012
 
PUA

24/04/2012

“Celebrar Bem” chega a sua 4ª edição

O livro “Celebrar Bem” de Frei Alberto Beckhäuser chega a sua 4ª edição. Esta obra não só traz às claras as distorções e deformações da arte de celebrar, mas apresenta os fundamentos antropológicos e teológicos da Liturgia. Explora, com maestria, o poder transformador do símbolo e do rito.

Os livros de Frei Alberto sobre a Sagrada Liturgia nascem da prática litúrgica, do ensino da Liturgia e de sua observação sobre a maneira das comunidades cristãs celebrarem. Celebrar bem nasceu da caminhada da reforma e renovação litúrgicas promovidas pelo Concílio Vaticano II, em que Frei Alberto foi um dos protagonistas. O Concílio pediu uma participação frutuosa na Sagrada Liturgia. Para que seja frutuosa, ela precisa ser consciente, ativa e plena.

O autor constata, porém, que no decorrer dos tempos foram se introduzindo expressões não condizentes com a natureza da Sagrada Liturgia. As assembleias celebrantes muitas vezes são transformadas em plateias de show, em verdadeiros espetáculos. Ou então, se cai num ritualismo estéril, sem que os ritos sagrados levem à vivência dos mistérios celebrados.

Frei Alberto Beckhäuser, em sua experiência de teólogo liturgista há 40 anos, aborda primeiramente alguns temas fundamentais sobre a Sagrada Liturgia: a Liturgia como obra divina que deve ser respeitada, e a natureza do rito, ou seja, a linguagem simbólica sacramental de toda a Liturgia celebrada. Volta-se em seguida, para a Celebração Eucarística: expõe algumas questões mais abrangentes sobre a Missa como a preparação da celebração, o silêncio sagrado, as vestes sagradas, o tempo da celebração, o respeito às diversas funções, o caráter comunitário da celebração, a centralidade de Cristo na celebração e o espaço celebrativo como um todo. Detém-se, depois, na autenticidade de ritos diversos na celebração da Eucaristia e finaliza considerando autenticidade de ritos em outras celebrações. – Realça, em suma, a necessidade de uma celebração correta, realizada com esmero, para que ela seja autêntica em sua natureza e na sua expressão externa.

“A beleza da Liturgia pertence ao Mistério Pascal; é expressão excelsa da glória de Deus e, de certa forma, constitui o céu que desceu à terra. O memorial do sacrifício redentor traz em si mesmo os traços daquela beleza de Jesus testemunhada por Pedro, Tiago e João, quando o Mestre, a caminho de Jerusalém, quis transfigurar-se diante deles (cf. Mt 9,2). A beleza não é um fator decorativo da ação litúrgica, mas seu elemento constitutivo, enquanto atributo do próprio Deus e da sua revelação. Tudo isso nos há de tornar conscientes da atenção que se deve prestar à ação litúrgica para que brilhe segundo a sua própria natureza”.
(Bento XVI, Sacramentum Caritatis, n. 36).

BECKHÄUSER, Alberto. Celebrar bem. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.
ISBN 978-85-326-3746-8

Quem é Frei Alberto Beckhäuser, OFM?

Natural de Forquilhinha (SC), doutorado em Teologia com especialização em Liturgia, desde 1967 acompanha de perto a grande caminhada pós-conciliar da reforma e da renovação litúrgica na Brasil, da qual se tornou um dos protagonistas. Frei Alberto é autor de 30 livros e inúmeros artigos, atualmente leciona em diversas escolas teológicas, particularmente no Instituto Teológico Franciscano.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
Pagina visualizzata 1325 volte
 
Share |
 
 
 
Martín Carbajo Núñez - via Merulana, 124 - 00185 Roma - Italia
Questa pagina è anche attiva qui
Webmaster