Inizio > Pubblicazioni > Carbajo-Núñez Giovedì 18 aprile 2024

Informazione sulla pubblicazione:
A fraternidade universal Raízes franciscanas de Fratelli tutti

 
 
 
 
Foto Carbajo-Núñez Martín , A fraternidade universal Raízes franciscanas de Fratelli tutti , Ed. Editorial Franciscana, Braga, 2023 .

Este livro estuda as raízes franciscanas da fraternidade universal proposta pela encíclica Fratelli tutti. O Papa afirma que “foi o testemunho evangélico de São Francisco, com a sua escola de pensamento, que atribuiu a este termo [fraternidade] o significado que sucessivamente se conservou ao longo dos séculos”.

A pandemia de Covid-19 nos lembrou, “uma vez mais, aquela (abençoada) pertença comum a que não nos podemos subtrair: a pertença como irmãos”. “Tudo está conectado”. Os laços são tão fortes que só podemos enfrentar os desafios globais se promovermos relações fraternas em todos os níveis. Este estudo oferece algumas indicações para isso.

 

Disponível em  Editorial on-line - Librería (via Merulana 124) - Librería Assisi 
 

Indice:

Siglas e abreviaturas
Introdução
O covid-19 e a fraternidade universal
A necessidade de superar a dialética do conflito perene
Atualidade da proposta franciscana durante a peste negra         
Distribuição e conteúdo
 
1. A fraternidade:  um conceito complexo e exigente
1.1. Revolução francesa e marxismo
1.2. Notas características da fraternidade franciscana
1.2.1. Anseio e desafio   
1.2.2. Alegria: “mostrem-se alegres no senhor”
1.2.3. Igualdade: “quanto é o homem diante de deus, tanto é e não mais”        
1.2.4. Individualidade em vez de individualismo          
1.2.5. Reciprocidade: “sempre se amem mutuamente”  
1.2.6. Gratuidade e autodoação  
1.2.7. Aceitação misericordiosa 
1.3. O conceito de fraternidade em fratelli tutti 
1.4. Dom e tarefa
 
2. Desde a amoris laetitia até a Fratelli tutti.    A importância das relações familiares   
2.1. O conceito de família e os seus quatro níveis         
2.1.1. Comunhão trinitária e comunhão familiar
2.1.2. O homem é um ser familiar          
A) precisamos de ultrapassar a antropologia negativa   
B) a família é o habitat natural do ser humano  
C) ajuda ao discernimento          
2.1.3. A desejada família universal        
2.1.4. Una família cósmica
2.2. A família, a primeira escola da fraternidade
2.2.1. Direito primário à educação         
2.2.2. A crise da família leva a uma crise de fraternidade6
2.3. Amor familiar e amor social
2.3.1. O desejo de amor verdadeiro        
2.3.2. Amor social          
2.4. Família e ecologia   
2.5. Recapitulando   
       
3. Dimensão transcendente da fraternidade
3.1. Perspectiva trinitária e cristológica 
3.1.1. Filhos do mesmo pai        
3.1.2. Irmãos em Cristo  
3.1.3. Movidos pelo espírito       
3.2. Um conceito teológico: tudo é graça           
3.2.1. “Recebestes de graça, de graça dai!”       
3.2.2. “Amor que sabe de compaixão e dignidade”       
3.2.3. A gratuidade do amor       
3.2.4. A contemplação e o caminho da beleza   
3.3. Dimensão transcendente da fraternidade em fratelli tutti   
3.4. Recapitulando          
 
4. Bases da fraternidade franciscana      
4.1. A pessoa ao centro   
4.1.1. “o senhor me deu o cuidado dos irmãos” 
4.1.2. A fraternidade como uma realidade interpessoal 
4.2. Uma fraternidade em vez de uma comunidade       
4.2.1. Autoridade e relações de tipo maternal    
4.2.2. Perdão e misericórdia       
4.3. Superando muros e fronteiras para encontrar a diversidade
4.3.1. Pobre e menor para ser irmão
4.3.2. Superando barreiras e preconceitos
4.4. Fratelli tutti: a pessoa é intrinsecamente social e fraterna  
4.4.1. Precisamos de nos tornar próximos          
4.4.2. Unidade na diversidade    
4.5. Recapitulando    
      
5. O respeito à intimidade humana como base do encontro fraterno     
5.1. A rica intimidade humana   
5.1.1. A intimidade torna possível o encontro livre e fraterno   
5.1.2. Veneração diante do mistério da pessoa  
5.1.3. O equilíbrio necessário no se revelar/ocultar       
5.1.4. A necessidade de se informar, respeitosamente, sobre a intimidade alheia         
5.1.5. A privacidade pessoal e o bem comum    
5.2. Novo contexto para a privacidade na sociedade da informação     
5.2.1. A informação transformada em um espetáculo lúdico     
5.2.2. Muitas informações e pouca comunicação          
5.3. Necessidade de um novo equilíbrio no revelar-se/ocultar-se          
5.3.1. O vaivém entre exibicionismo e isolamento intimista     
5.3.2. Comunicação virtual ou egocentrismo narcisista?           
5.4. Necessidade de um equilíbrio na informação sobre a privacidade alheia   
5.4.1. Os valiosos dados pessoais           
5.4.2. Raízes históricas do interesse pelo domínio íntimo         
5.4.3. A comercialização mediática da privacidade       
5.5. Recapitulando     
     
6.- A cultura do encontro e da amizade social   
6.1. O encontro com o leproso e a parábola do bom samaritano
6.1.1. O bom samaritano
6.1.2. O poder curativo do encontro com a debilidade
6.1.3. Superar a indiferença globalizada
6.2. O encontro de são francisco com o sultão   
6.2.1. Hospitalidade fraterna e incondicional     
6.2.2. A tradição franciscana e o diálogo
6.3. O encontro do papa Francisco com o grande imã   
6.4. A amizade e o amor como categorias sociais          
6.4.1. O amor social       
6.4.2. Passar do “dominus” ao “frater”  
6.4.3. Diálogo e colaboração      
6.5. Recapitulando  
        
7. Política popular e economia do nós   
7.1. Política popular, populista e liberal 
7.1.1. Populismo 
7.1.2. Liberalismo           
7.1.3. Uma política fraterna        
7.2. A economia do nós  
7.2.1. A visão franciscana da economia 
7.2.2. Evitando o assistencialismo         
7.2.3. Os montes da piedade       
7.2.4. O mercado como espaço relacional          
7.2.5. O benefício em perspectiva comunitária  
7.2.6. Fonte de inspiração para uma economia livre e fraterna  
7.3. Recapitulando       
   
8. Unidade na diversidade e oposição polar       
8.1. Fraternidade poliédrica        
8.2. A oposição polar      
8.2.1. Quatro princípios oposicionais     
8.2.2. Unidade na diversidade    
8.2.3 a imagem do poliedro        
8.3. Transcendência e imanência
8.3.1. Espiritualismo e ativismo 
8.3.2 teologia e pastoral  
8.3.3. Vocação e missão 
8.4. Primado petrino e sinodalidade       
8.4.1. Um povo sinodal  
8.4.2. Um povo que caminha junto        
8.5. Liberdade individual e comunitária
8.5.1. Identidade e sociabilidade
8.5.2. Cuidar dos outros e cuidar de si mesmo   
8.5.3. Normatividade e consciência pessoal       
8.6. Identidade coletiva e abertura à universalidade      
8.6.1. Global e local       
8.6.2. Público e privado  
8.6.3. A bipolaridade homem-natureza  
8.7. Recapitulando   
       
9. A guerra de drones autônomos  e outros desafios tecnológicos         
9.1. O sonho quebrado da fraternidade: drones assassinos        
9.1.1. Difícil programação destes drones
9.1.2. Os perigos da guerra robótica       
9.1.3. Atirar a pedra e esconder a mão   
9.2. Bases para superar a nova corrida armamentista    
9.2.1. Necessidade de superar a concepção antropológica negativa      
9.2.2. A doutrina da guerra justa já não serve    
9.2.3. Fortalecendo a cultura do encontro fraterno        
9.3. Francisco de assis, modelo de perdão e reconciliação        
9.4. Outro desafio tecnológico: os veículos autónomos 
9.4.1. Rumo a uma condução totalmente autônoma      
9.4.2. A difícil programação       
9.4.3. Acidentes e responsabilidade       
9.5. Recapitulando          
 
10. Fraternidade cósmica e educação     
10.1. As irmãs criaturas  
10.1.1. A fraternidade cósmica é uma parte essencial do carisma franciscano 
10.1.2. Todo está conectado y todo es interdependente 
10.1.3. Reciprocidade     
10.1.4. Igualdade e sobriedade   
10.2. A importância da educação
10.2.1. Um processo interativo, dinâmico e inclusivo   
10.2.2. Uma educação indutiva e aberta à transcendência
10.3. A espiritualidade e a mística no caminho educacional     
10.3.1. O caminho da beleza e o enfoque integral         
10.3.2. Francisco de assis, místico e irmão        
10.4. Universidade e fraternidade cósmica        
10.4.1. Relações familiares na universidade      
10.4.2. Serviço social à comunidade      
10.4.3. Uma educação multifacetada, porque “tudo está conectado”    
10.5. Recapitulando        
 
Conclusão geral  
Bibliografia



Parole chiave: Fraternity - Social friendship - Dialogue - Francis of Assisi - Fratelli tutti

 
 
 
 
 
 
Martín Carbajo Núñez - via Merulana, 124 - 00185 Roma - Italia
Questa pagina è anche attiva qui
Webmaster